Home Data de criação : 08/09/08 Última atualização : 11/10/17 11:19 / 9 Artigos publicados

O papel do professor no processo do letramento e a situação atual da educação no Estado. no municípi  escrito em quarta 08 outubro 2008 20:17

O papel do professor no processo do letramento e a situação atual da educação no Estado. no município em que vive e o local de trabalho.

Autora : Adriana Viera Caetano

Diante do avanço tecnológico o professor tem um papel fundamental no processo ensino aprendizagem na educação e que é possível alfabetizar tendo um papel no processo de letramento, pois o educador trabalhará através de agrupamentos, leitura diversificada e a valorização do conhecimento prévio do aluno. Desenvolvendo no aluno a capacidade de ler e escrever, a partir de atividades lúdicas, avançando nas diferentes hipóteses sobre o funcionamento do sistema de escrita.

Segundo SOARES (1999:39) , ´´ È do resultado da ação de ensinar e aprender as práticas sociais de leitura e escrita ´´ , pois a escrita  traz conseqüências sociais , culturais , políticas, econômicas, cognitivas, lingüística , assim o processo de letramento constitui no ler e  escrever por prazer e com lazer para que as mesmas possam conviver no mundo, usando a leitura e a escrita  para descobrir si mesmo , sendo crítico  diante dos conceitos sociais.

                Sabe-se que o processo do letramento vai além do domínio do código alfabético (ler e escrever). Contudo o educador deve compreender o seu papel de forma significativa ao aluno, onde ele possa escrever, ler e compreender o significado dos diferentes tipos de textos de uso social até o término do mesmo, sendo também a meta principal do mesmo. Portanto deve ter a preocupação não só em ensinar a grafia das letras e sua decodificação, mas sim, em favorecer a obtenção de uma série de competência ao aluno.

 BARTHES ( 1987: 36 ) , ´´ ama-me presente em toda a escrita ´´, a criança precisa ter afinidade  pra com a leitura , assim ele interpreta  e compreende a leitura mergulhando neste mundo mágico de fantasia .

    Na sala de aula o professor tem alunos que estão em diferentes processos do letramento, daí a necessidade de desenvolver na sala de aula um trabalho com os alunos que se encontram em níveis silábicos distintos, realizando agrupamentos e alternando-os durante as atividades propostas, levando assim o educando a ter a cada dia um desafio para superar e alcançar os objetivos propostos do projeto e da nossa missão de educar com qualidade.

      Os PCNs ressaltam ´´ (...) a língua é um sistema histórico e social que possibilita ao homem significar o mundo e a realidade. Assim,  aprende-la é aprender não só as palavras, mas também os significados culturais e , com eles, os modos pelos quais as pessoas do seu meio social entendem e interpretam a realidade e a si mesmas.´´

           O papel do professor no processo do letramento, deve dar a oportunidade ao aluno de se  alfabetizar de modo simples, lúdico e prazeroso objetivando a formação de leitor ora escritor eficiente, que saiba usar a linguagem oral e a escrita nas mais diversas situações, familiarizando com os diversos tipos de textos: quadrinhas,  poemas , placas de rua , parlendas , cantigas de roda , pequenas canções , advinhas , trava – língua , textos poéticos , textos narrativos , textos folclóricos , textos informativos , cruzadinhas , diagramas , carta enigmática , liga pontos , camuflagem e outros . Ressaltando que o mais importante no processo da alfabetização daqueles alunos que se encontram em processos de letramento distintos é o incentivo do aluno para ele sentir prazer em ler e escrever. E explorando atividades que fazem parte do universo infantil , mágico , imaginário  e popular da criança , favorecendo ao longo do projeto as diferentes estratégias de leitura e avanços em suas hipóteses iniciais sobre a escrita.

FRANCHI ( 1988 ) ´´ ... é , ainda, na interação social , condição de desenvolvimento da linguagem , que o sujeito se apropria desse sistema lingüístico , no sentido de que constrói , com os outros , os objetos  lingüístico de que se vai utilizar , na medida em que se constrói a si próprio , como locutor , e aos outros , como interlocutores´´.

                    É de suma importância que o educador possa fazer o diagnóstico dos alunos e  observar em que   nível de conhecimento cada aluno tem na escrita , analisando a escrita dos   alunos que não estabelecem a correspondência da letra com o som , se tem dificuldade em decifrar o texto ao ler, não consegue ler com a letra maiúscula ora minúscula, a criança escreve alfabeticamente , não consegue segmentar o texto em palavras, recusando em escrever , pois acha que não sabe escrever e nem ler, mas infelizmente está é a situação atual da educação, bem como a do município Varjão. 

  Ressaltam no PCNs ´´ ... Eis a primeira e talvez a mais importante estratégia didática para a prática de leitura: o trabalho com a diversidade textual. Sem ela, pode-se até ensinar a ler, mas  certamente não se transformarão leitores competentes . ´´ Não se formam bons leitores oferecendo materiais de   leitura empobrecidos, justamente no momento  em que as crianças são iniciadas no mundo da  escrita. As pessoas aprendem a gostar de ler quando, de alguma forma, a qualidade de suas vidas melhoram com a leitura.´´

Muito se tem falado e debatido sobre a educação no Estado de Goiás,  mas na minha opinião o contexto sócio – econômico –cultural das unidade de ensino não é diferente das demais metropolis, pois em geral a comunidade escolar tem baixa escolaridade, pais analfabetos, renda financeira inferior a um salário mínimo, muito dos educando recebem auxilio do governo , para manter na escola . Muitas pessoas são simples,  pacatas, cultivam sua tradição religiosa e cultural da região goiana. Os educandos não têm opção de lazer, prática brincadeiras na sua comunidade, sendo que o alto índice de evasão escolar e reprovação escolar, a falta de envolvimento dos pais  causam uma degradação no ensino e logo são visíveis as dificuldades  e distúrbios de aprendizagem. Não se pode esquecer da quantidade expressiva de alunos da zona rural e do assentamento e famílias desestruturadas e analfabetas.

Segundo Soares1, as condições para o letramento estão relacionadas às condições socioeconômicas e culturais dos grupos sociais. O desenvolvimento da prática social da leitura e escrita depende de um processo real de escolarização e da disponibilidade de material de leitura.

Em nosso Estado há também acompanhado mensalmente  pela  subsecretaria os avanços na leitura e escrita e todas as series do ensino, de todos os alunos, através de relatórios do Projeto Aprender e fichas para acompanhar as notas abaixo da média .  Sendo assim a escola  deve formar cidadões que saibam pensar, refletir , lutar pelos seus direitos e cumprir seus deveres, com um ensino de qualidade , vivenciando conceitos de justiça, respeito e solidariedade.

Referencial Bibliográfico

BARTHES, Roland . Os rumores da língua .Trad. Antônio Gonçalves . Lisboa:Edições70, 1987.

BASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Fundamental. Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil. Volume 3. Conhecimento do Mundo – Brasília, 2001.

BASIL. Ministério da Educação e Cultura. Parâmetros Curriculares Nacionais. Secretaria da Educação Fundamental. Volume 6 de artes e Volume 4 de educação física, 1994.

FERREIRO Emília. Alfabetização em processo. 9 ed. São Paulo:Cortez,1993.

FREIRE,Paulo. A importância do ato de ler:em três artigo que se apresentam.São Paulo:Cortez,2003.

SOARES,Magda . Letramento: um tema em  três gêneros . Belo Horizonte:Autêntica,1998 .

Compartilhar
1 Fan

Faça um comentário!

(Opcional)

(Opcional)

error

Importante: comentários racistas, insultas, etc. são proibidos nesse site.
Caso um usuário preste queixa, usaremos o seu endereço IP (107.21.67.191) para se identificar     

Nenhum comentário
O papel do professor no processo do letramento e a situação atual da educação no Estado. no municípi


Fechar a barra

Precisa estar conectado para enviar uma mensagem para adrianacaetano

Precisa estar conectado para adicionar adrianacaetano para os seus amigos

 
Criar um blog